Eixos Tem√°ticos

  1. Forma√ß√£o acad√™mica e projeto pedag√≥gico: interfaces para repensar o curr√≠culo: iniciativas e/ou caracter√≠sticas da repercuss√£o de atividades de extens√£o, projetos e programas nas din√Ęmicas curriculares dos cursos de gradua√ß√£o. Resultados de trabalhos que demonstram a import√Ęncia dos processos de aprendizagem permeados pelas viv√™ncias extensionistas. Propostas que evidenciam as possibilidades e pot√™ncias para a indissociabilidade.

  2. Universidade e comunidade ‚Äď di√°logos e conflitos da din√Ęmica curricular: aprendizagens emergentes das viv√™ncias entre universidade e comunidade. Experi√™ncias e reflex√Ķes que contemplam pr√°ticas provenientes dessa rela√ß√£o, contribuindo com o enriquecimento dos processos de conhecimento vividos nos cursos. Melhoria da qualidade de vida da comunidade. Saber popular e curr√≠culo. Participa√ß√£o da comunidade na organiza√ß√£o acad√™mica. Pol√≠ticas p√ļblicas e pr√°ticas extensionistas curricularizadas.

  3. Protagonismo dos sujeitos ‚Äď construindo processos curriculares indissoci√°veis: participa√ß√£o de estudantes na organiza√ß√£o do ensino e na mobiliza√ß√£o acad√™mica. A extens√£o nos N√ļcleos Docentes Estruturantes (NDE) ¬†e nos colegiados acad√™micos. Pr√°ticas extensionistas de autoria estudantil e/ou comunit√°ria. ¬†

  4. Contribui√ß√Ķes de experi√™ncias metodol√≥gicas para repensar o curr√≠culo: iniciativas de curriculariza√ß√£o da extens√£o. Experi√™ncias e viv√™ncias que indicam a contribui√ß√£o da extens√£o para a reestrutura√ß√£o curricular de cursos de gradua√ß√£o e/ou p√≥s-gradua√ß√£o. Metodologias de ensino inspiradas em pr√°ticas extensionistas.